Santiago 2023: Brasil é ouro no revezamento 4×200 metros masculino

A natação brasileira garantiu mais uma medalha de ouro nos Jogos Pan-americanos que estão sendo disputados em Santiago (Chile). A equipe formada por Murilo Sartori, Breno Correia, Fernando Scheffer e Guilherme Costa conquistou nesta terça-feira (24) a medalha de ouro do revezamento 4×200 metros, além de bater o recorde da prova.

Notícias relacionadas:

“Adoro dividir a piscina com esses caras e esse ouro, mais o recorde pan-americano, mostra que, se continuarmos trabalhando, continuarmos tendo essa regularidade, de estar sempre nas finais, mostra que alguma coisa muito boa vai vir num futuro próximo”, declarou Murilo Sartori à assessoria de imprensa do Comitê Olímpico Brasileiro (COB).

O Brasil também garantiu uma medalha de prata na versão feminina da prova. Gabrielle Roncatto, Natália Soares, Maria Fernanda e Stephanie Balduccini fizeram uma ótima prova, terminando a pouca distância dos Estados Unidos (vencedores) e superando o Canadá (terceiro).

“Saímos muito satisfeitas. Brigamos com os Estados Unidos até o final. É um revezamento muito jovem, e queremos evoluir e conquistar ainda mais”, declarou Gabrielle Roncatto, que também garantiu um bronze nesta terça nos 400 metros medley.

Medalhas no badminton

O dia também foi de conquistas no badminton. Nas duplas femininas o Brasil garantiu um bronze. Juliana Vieira e Sânia Lima alcançaram as semifinais, mas foram superadas pelas norte-americanas Kerry e Annie Xu, no Centro de Treinamento Olímpico, no bairro de Ñuñoa, por 2 sets a 0 (parciais de 21/7 e 21/18).

“Sabíamos que não ia ser fácil, elas eram a dupla número 2 do torneio. Sabíamos que ia ser um jogo com muitos ralis e estou feliz com a nossa performance”, declarou Sâmia.

Bronze no levantamento de pesos

Outra modalidade na qual o Brasil ocupou a terceira posição de um pódio foi no levantamento. Na última segunda (23), na categoria até 81 quilos, Laura Amaro garantiu o bronze para se juntar a Jaqueline Ferreira e Bruna Piloto como atletas com pódio em Pan no levantamento de pesos feminino brasileiro.

“Nesse momento da temporada e da minha carreira essa medalha é muito importante. É mais do que um bronze, pois é uma fase difícil nesta temporada para todas as atletas por conta do cansaço. Acertar esse resultado, conquistar essa medalha com uma boa estratégia foi muito bom. Estou muito feliz”, declarou.