Acabou a pandemia? Guarapuava-PR planeja retorno das aulas no dia 28

O município de Guarapuava, na região central do Paraná, anunciou nesta sexta-feira, 11, que planeja retornar as aulas na rede municipal de ensino a partir do dia 28 de setembro, suspensas em razão da pandemia provocada pelo novo coronavírus. Antes disso, a prefeitura pretende fazer uma consulta à população.

Foto / Eduardo Matysiak / Matysiakfotopress

Durante coletiva de imprensa nesta manhã, o prefeito do município Cesar Silvestri Filho (Podemos) apresentou números que mostrariam que o município tem condições de retomar as aulas com segurança. Ele ainda falou em tratamento precoce na rede pública de saúde, que estaria contribuindo para o desempenho frente à pandemia, bem como o uso de máscaras e a instituição de um call center. Entre os medicamentos disponibilizados no município, de acordo com decisão médica, estão a cloroquina e a ivermectina. A OMS, porém, não aconselha o uso das substâncias para o tratamento da Covid, por não haver comprovações de que sejam eficazes contra a doença.

Internautas questionam

Confira alguns dos comentários no Facebook após o anúncio. Muitos deles ironizavam se “acabou a pandemia” na cidade e mostravam preocupação com a possibilidade de retorno às aulas:

“Absurdo! Volta às aulas só depois da vacina!”

“Não controlam nem os adultos no centro da cidade com máscaras no queixo, vão controlar as crianças?”

“Elas estão a 6 meses sem ver os colegas de escola. Acha mesmo que vão manter o distanciamento ??? Pare né kkkk”

“O risco de voltar as aulas principalmente as crianças que não sabem se cuidar é muito maior…como assim voltar as aulas e sem vacina..”

“Crianças não tem o mesmo cuidado que adultos 🤦‍♂️  pessoas tão morrendo e quem é curado pode ficar com sequelas.. meu filho não vai correr esse risco”

“Bom, meu filho não vai, ele e eu estamos de quarentena…5 meses já..sou asmático. Ele é saudável, mas pode me contaminar. Quero terminar de criar ele. Assim. Ele não vai até sair a vacina”.

“Manda só os filhos dos pais irresponsáveis que foram pra praia no feriadão, nós que não estamos nem saindo pra não colocar a vida deles em risco 🤦‍♀️  só por Deus mesmo os meus não vão”

Explicação

Segundo o prefeito, a confirmação ocorrerá após consulta à população que será feita durante 5 dias. “Quanto mais pais e profissionais participarem mais legitimada será nossa decisão. De nada adianta fazemos esforço para retomar aulas e ao final termos adesão mínima. O objetivo é minimizar o prejuízo pedagógico que os alunos tiveram”.

“A prefeitura de Guarapuava, de forma consistente tecnicamente, entende que temos condições de retomar aulas a partir do dia 28 de setembro. Entretanto, pretendemos fazer isso de forma discutida com a comunidade”.

Números

Oficialmente, Guarapuava tem 8 mortes confirmadas por Covid-19 e 670 casos da doença. “Guarapuava vive situação diferente de outras cidades do Paraná e Brasil. O índice de contaminação por 100 mil habitantes, das 30 maiores cidades, Guarapuava é disparado a cidade com menor índice de contaminação. Nossa média é 3,12, abaixo do Paraná (12)”.

2 pensamentos

  1. Eu sou contra ao retorno às aulas, como dizem, cças não tem a percepção e muito menos noção do que estamos passando! Portanto não se deve voltar ao normal até que tudo acabe! Ou até que surja essa bendita vacina!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.