Coolritiba lota pedreira em mais uma edição bem-sucedida; confira os destaques, fotos e vídeos

A Pedreira Paulo Leminski – lugar místico e palco mais charmoso do Brasil – estava absolutamente lotada para a quarta edição do festival Coolritiba, realizada neste sábado, dia 21.

Pedreira absolutamente lotada para a quarta edição do Coolritiba

As apostas em artistas pop e conectados com a juventude atraíram milhares de pessoas, empolgadas para conferir nomes como Duda Beat, Iza e Anavitória. E ainda Baco Exu do Blues (que é o nosso destaque de melhor show; ler abaixo). Que versão maravilhosa de “Espumas ao vento”, de Fagner, a banda fez. Confira:

Mas o Coolritiba também pensou em um público mais maduro ao escalar Natiruts e Planet Hemp, que fizeram a Pedreira tremer, ainda que nesta edição não tenha havido um clássico do tamanho de Jorge Ben e Novos Baianos, como nas edições anteriores. Talvez, estes nomes fossem Lulu Santos, inicialmente anunciado, mas depois cancelado em razão dos adiamentos provocados pela pandemia; e Elza Soares, que estava no line up antes de sua passagem para o plano superior.

Iza foi uma das principais atrações do festival. Foto: Eduardo Matysiak

Super público

Contas preliminares apontam que cerca de 20 mil pessoas acompanharam o festival. Com tanta gente, dessa vez o difícil foi dar conta de conferir tudo o que rolava, pois o público volumoso dificultava o deslocamento entre palcos. Acessar principalmente o Beats Space era uma desafio. O Revérbero conferiu todas as edições do Coolritiba e, visualmente, essa era a com maior público com toda a certeza. Viva a música! E viva os encontros propiciados pelo Coolritiba!

Confira nossa reportagem em vídeo sobre o festival:

Shows

Shows potentes, animados e que ajudaram a aquecer um sábado de maio de muito frio em Curitiba. Pessoas de vários locais do Paraná e de outros Estados e que se organizaram em caravanas para acompanhar a programação. Dificilmente, alguém foi embora arrependido. O Coolritiba é isso, já virou parte do calendário cultural nacional e quem gosta de música não perde de jeito nenhum.

Drone irado

O drone do Coolritiba não passou despercebido. Ousado, conferia tudo de perto, dando rasantes alucinantes e interagindo com a plateia.  

O piloto do equipamento é Gustavo Ramos, 30 anos. Desde os 14 anos, ele pilota aeromodelos e, em 2019, começou a praticar com drones. Ele também é fotógrafo, com mais de 10 anos na área de eventos. Juntou as duas coisas e o drone virou trabalho.

Se você comparar com uma guitarra, como ele próprio sugere, Gustavo faria solos irados e no compasso perfeito – muito além das bases simples que se vê por aí. “Faço pousar na mão, na cabeça, pouso o drone onde quiser. Pilotar um drone é igual tocar uma guitarra. Para fazer um solo exatamente correto requer prática”.

Para atingir esse nível de perfeição ele usa óculos 3D que dão a sensação de estar dentro do equipamento. Já é o metaverso do drone. “Eu piloto em primeira pessoa, como se eu estivesse dentro do drone”.

Destaques

  • Nosso destaque vai para o show de Baco Exu do Blues, que foi algo transcendental.
  • A Banda mais bonita da cidade nem estava na programação, mas bastou tocar “Oração” durante um intervalo entre shows para o público delirar com a canção que já virou hino. Teve dança, abraço e muita vibração. Quem sabe na próxima edição, produção?
  • O jovem Lucas Mamede encantou o público no camarote;
  • Dessa vez, havia mais lugares para sentar e descansar – só que o público também era maior. Bancos com entradas usb para carregar celular foram um acerto.

Na tarde desta terça-feira, dia 24, o Coolritiba se manifestou oficialmente sobre a última edição e agradeceu ao público.

Em breve, vídeos. Fique ligado no Revérbero e na melhor cobertura do Coolritiba!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.